Tubarão

 

Segundo os dados preliminares da Polícia Rodoviária Federal de Santa Catarina, entre a última sexta-feira e esta terça-feira, ocorreram 315 acidentes nas rodovias federais do estado. Os números finais da Operação Carnaval serão divulgados hoje.
 
A parcial, contudo, já traz números assustadores:  foram 587 veículos envolvidos em acidentes, 204 pessoas feridas, 34 mortos, 58 carteiras de habilitação apreendidas, 36 multas  emitidas por embriaguez e 13 prisões de motoristas que trafegavam bêbados.
 
Nas cidades catarinenses, a Polícia Militar atendeu a 3.562 ocorrências. Destas, 292 estavam diretamente ligadas aos festejos de Momo. Quase metade destes atendimentos foi de perturbação do sossego. Das 1.154 pessoas detidas, 939 foram liberadas e 71 foram presas em flagrante.
 
Nos outros casos, os autores responderão a termo circunstanciado. Cinco armas de fogo foram apreendidas. A secretaria estadual de segurança pública não divulgou dados por região, apenas globais.
 
O comandante-geral da corporação, coronel Nazareno Marcineiro, destaca que se comparados às edições anteriores, os números representam uma redução significativa nos índices de várias ocorrências comuns nesta época. Um exemplo é o furto a residência. A incidência deste tipo de crime caiu 79% no comparativo com anos anteriores.
 
O destaque negativo das estatísticas da PM foi o aumento em 13% nos acidentes de trânsito em rodovias estaduais. Já a Polícia Civil registrou 240 autos de prisão em flagrante e cumpriu 36 mandados de prisão durante o Carnaval. No total, em todo o estado, foram dez assassinatos e 34 tentativas de homicídio.