A Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP) informa que, atendendo a determinação judicial, 1.077 internos foram colocados em liberdade, em Santa Catarina. A decisão foi tomada pelo poder Judiciário em função da pandemia de coronavírus (Covid-19), decretada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

As decisões atingem internos próximos de progredir para o regime aberto ou que estão no quadro de risco como, por exemplo, idosos ou portadores de doenças crônicas.

As gerências do Presídio Regional de Lages e Presídio Masculino não revelaram o número de beneficiados, seguindo orientação do Secretaria de Estado  da Administração Prisional e Socioeducativa de Santa Catarina (Deap/SC), pois o órgão trabalha com número geral do estado.