terça, 20 de agosto de 2019
Facebook Instagram Twitter Youtube
48 3053-4400

Rafael Andrade

Quem são os assassinos?

Publicado em 18/03/2019 00h09

Quem são os assassinos?
De quem é a opinião

Na semana passada, dois atentados chamaram a atenção do mundo, um no Brasil e outro na Nova Zelândia. O modo de operação de ambos tem alguma analogia, e muita gente colocou a culpa em jogos eletrônicos e até mesmo em músicas de heavy metal. Não é por aí.
Em Suzano, no ataque à Escola Raul Brasil, o resultado foi de oito vidas inocentes perdidas, cinco eram adolescentes. Na Oceania, os números impressionam: 50 mortos e dezenas de ferido à bala. O comissário de polícia local, Mike Bush, disse que três homens e uma mulher haviam sido presos em conexão com os ataques nas duas mesquitas. Um dos suspeitos foi identificado como não envolvido no ataque e foi libertado. Mas o que realmente abalou o planeta foi que um dos assassinos, Brenton Tarrant, de 28 anos, fez uma transmissão ao vivo no seu perfil do Facebook.

Todas essas pessoas têm estereótipos em comum, mas notavelmente são indivíduos - no caso do Brasil, eram, já que os dois autores morreram - que precisavam de acompanhamento psicológico, e no meu ponto de vista, como homem cristão, até mesmo religioso. Como explicar uma pessoa ou um grupo planejando dar cabo à vida de outras, usando como motivação o extremismo, o racismo, a política, o bullying? Não há como descobrir com exatidão o que passa nas mentes, muitas vezes impenetráveis, deste tipo de gente, que infelizmente há aos montes na sociedade global.

Matar é o último aviso, o último ato, a ação final de uma vida marcada por incertezas, da falta de acompanhamento educacional dos pais e/ou responsáveis. Hoje, estamos à deriva de uma leva ampla de psicopatas, todos movidos ao ódio e se escondendo atrás telas, com falta de coragem para encarar o mundo, suas tarefas, responsabilidades. É uma era de incertezas. Quando e onde será o próximo?

Unisul precisa de ajuda
Nesta semana, o Notisul trouxe, com exclusividade, um caso delicado envolvendo a Fundação Unisul, mantenedora da universidade que transformou Tubarão em polo multicultural. Uma Ação Popular foi ingressa na Vara da Fazenda Pública com sérias acusações contra gestores e ex-gestores. A justiça vai decidir, nos próximos meses, se realmente há culpados nas diversas acusações interpostas na peça, que deve chegar às mãos da promotoria nesta semana. Sou um desses filhos da Unisul, formado em 2007, com muito orgulho, no excelente curso de Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo. Também fiz pós-graduação na universidade e ainda almejo, muito em breve, mestrado e doutorado, também aqui, em Tubarão. Acredito na força da instituição e que a volta por cima será dada. É importante que neste momento a união traga esperança à maior empresa da Cidade Azul.

SOBE

Cida, a incansável

Maria Aparecida dos Santos Ramos, a Cida, moradora da região da Ilha, em Laguna. Ela não exerce cargo público, e acredito nem querer, mas o que esta guereira faz por sua comunidade e para os moradores da Ilha de Santa Marta, merece muito reconhecimento. Sua principal luta, neste momento, é conquistar o tão sonhado desconto da balsa.

DESCE

Olha o buraco!

Na última coluna, quando elogiei a instalação do sistema de esgotamento sanitário aplicado na Cidade Azul pela Tubarão Saneamento, referi-me somente ao benefício que trará à saúde da população no futuro. Mas algo que merece ser alertado é quantidade de buracos pós-obra, além das repavimentações com baixa qualidade.

De quem é a opinião

"Todos serão beneficiados dessa integração”

Carlos Moisés defende que a união por meio do Consórcio Integrado entre Estados do Sul e Sudeste pode resolver a disputa fiscal existente entre as unidades federativas. “É oportunidade de discutirmos os incentivos fiscais que hoje acabam promovendo essa guerra. Os Estados, quando unidos de maneira regionalizada, promovem regiões mais fortes e consequentemente um país mais forte”.


VOLTAR
Banner ServerDo.in
Banner ServerDo.in
Notisul - Um Jornal de Verdade
LIGUE E ASSINE (48) 3053-4400 Rua Ricardo José Nunes, 346 - Jardins de Pádova - Santo Antônio de Pádua - CEP: 88701-571 - Tubarão/SC
Copyright © Notisul - Um Jornal de Verdade 2019.