No último dia útil do seu governo, Eduardo Pinho Moreira (MDB) sancionou o projeto aprovado na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) que garante o aumento do salário dos deputados estaduais.

Pelo texto publicado no Diário Oficial do Estado de sexta-feira (28), o subsídio dos parlamentares da próxima legislatura, que inicia em 1º de fevereiro de 2019, fica fixado em 75% do que recebe o deputado federal.

Atualmente, o salário é de R$ 25.322,25 e o valor só subirá para R$ 29.469,99 se for confirmado o “efeito cascata” do reajuste concedido aos ministros do Superior Tribunal Federal (STF) em novembro.

Se os federais também aprovarem o aumento dos próprios salários para o novo teto do funcionalismo público (R$ 39,3 mil), os 40 legisladores de SC recebem o aumento.