O ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, está com medo do que pode acontecer com ele após escândalo envolvendo o presidente Jair Bolsonaro, o vereador Carlos Bolsonaro e o PSL.

Como reportado pela coluna Radar, da Veja, nesta sexta-feira (22), por conta das ameaças que vem recebendo, o político escreveu cartas a duas pessoas próximas, contendo informações como o nome de quem estaria interessado em lhe fazer mal.

“Se algo acontecer comigo, abram”, disse o ex-ministro, segundo a publicação.