No dia 8 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher. Em Tubarão, há muito que festejar neste dia. Pois Tubarão é uma cidade de mulheres privilegiadas não apenas por serem mulheres, mas pela cidadania que exercem. Quero lembrar aqui as instituições que têm à frente uma representante feminina e que neste dia não podem ser esquecidas, como: Dona Neusa Tonelli, esta senhora que esteve na direção do Abrigo dos Velhinhos por muitos anos. Trabalho este continuado por Shirley Mendonça e todas as ladys desta digníssima instituição, orgulhando a todos os tubaronenses; Leda Silvestre Meneghel, grande empreendedora empresarial, levando o nome da família pelo seu trabalho profissional, como herdeira deste legado deixado pelo seu pai no ramo das óticas e joias em nossa cidade.

Além de ter sido a primeira mulher a presidir a Acit, entidade que representa a classe empresarial com renomados cidadãos que muito têm feito para o engrandecimento da vida econômica de Tubarão; Eliane Fernandes, que nos mesmos passos de Leda, com a sua capacidade pessoal e intelectual, muito fez e continua fazendo pelo município, seja como empresária ou como presidenta das instituições que já presidiu e de forma voluntária está como vice-presidenta da Associação Mãos que Salvam Vidas (Amavi), entidade que criamos no HNSC. Do qual me orgulho de ter sido a primeira presidenta.

Aprendi nesta instituição a admirar cada vez mais a classe empresarial de nossa cidade, porque a maioria destes cidadãos dedicam uma parte do seu tempo a atuarem nas ações em prol da saúde da população tubaronense; Irmã Enedina, nem vou descrever o que esta pessoa maravilhosa representa para o povo de Tubarão e região, o que tanto fez pela saúde humana através da direção do HNSC e que ainda continua fazendo, pois sempre estará nos visitando, porque quem ama sempre à casa retorna. O HNSC e a cidade estão de portas abertas a esperando; Dona Marucha – a nossa Combemtu não estaria hoje no patamar que se encontra senão tivesse antes na direção da nossa Marucha, pioneira desta importante instituição.

A cidade jamais a esquecerá; Dona Jane, o que seria de Tubarão sem esta estrela, que tanto brilha no coração de todas aquelas criancinhas da Joana D’Angelis… Que bom que você existe, Jane; As meninas da Adocon, nem posso citá-las para não esquecer algumas delas, pois todas infinitamente, todas são maravilhosas nas ações que defendem e protegem a vida humana, a vida econômica e ambiental, enfim, tudo que faça o bem ao nosso planeta. E assim, muitas outras batalhando nas suas casas, nos seus grupos sociais, nos seus trabalhos profissionais, mas lá estão fazendo algo por esta cidade.

Destas, cito Marlize Dal Bó, presidenta do Tribunal de Mediação, Conciliação e Arbitragem (TAT) de Tubarão e Região, que muito faz no seu anonimato. Quantos neste dia estão lembrando e agradecendo o que você tanto fez e continua fazendo pelos necessitados e também pelos seus entes queridos e amigos.
Quero lembrar aquelas que já se foram, mas continuam vivas nas nossas ações, como Dona Mimita Medeiros, Stela Althoff, dona Margarida da Pastoral da Saúde, Rosana Tonelli, que tanto fez pela assistência social. Que saudade! Deus abençoe todas mulheres deste Brasil!