O radialista Walmor Silva nunca foi professor em sala de aula, mas nem por isso deixou de ensinar e de ficar conhecido como professor Walmor. Uma geração inteira de profissionais do rádio de nossa região foi discípula deste homem que nos deixou esta semana. Foi ele que, ao longo dos 60 anos de carreira, deu as primeiras oportunidades para comunicadores que hoje ocupam os microfones das principais emissoras de nossa região.

E foi esta capacidade de ajudar e ensinar que marcou a sua vida. Walmor ensinava os profissionais mais jovens assim como também ensinava os ouvintes, levando informações precisas e opiniões coerentes. O seu bom dia matinal deixará saudades.
O dono de uma voz firme e grave também deixará exemplos. Exemplo de profissional que sabia polemizar, sem criar inimizades, que sabia fazer comentários duros e necessários, sem ofender, que sabia reconhecer as boas iniciativas, fazer elogios, sem ser bajulador. Sua conduta foi irretocável, cultivando o respeito das autoridades e a confiança dos milhares de fiéis ouvintes.

Nós, da Unisul, e aqueles que tiveram a oportunidade de um contato mais próximo, sentiremos saudades de suas críticas construtivas, do espaço para divulgar boas ações, do apoio em nossas reivindicações e solidariedade nas horas mais difíceis. Nossas conquistas também tiveram um pouco de sua participação.
O professor Walmor foi um contemporâneo de grandes acontecimentos. Nos tempos áureos do futebol tubaronense, lançou a expressão ‘Ferro-Luz’, marca da maior rivalidade do futebol da cidade, entre os clubes Ferroviário e Hercílio Luz. Viveu e sofreu a ditadura militar, sendo até preso. Informou durante a tragédia da enchente de 1974. Isso só para lembrar dos eventos mais antigos.

Nos momentos de despedida que vivenciamos nesta semana, todos tiveram mais uma vez a oportunidade de externar os agradecimentos ao professor Walmor. Não que o ainda não tivessem feito, pois em vida Walmor também recebeu diversas homenagens e reconhecimento pela dedicação e empenho que teve na profissão. Mesmo na hora de sua partida, Walmor continuou ensinando. Mostrou que a dedicação ao trabalho, à família, à sociedade tem muito valor. Esta é uma singela homenagem da comunidade acadêmica da Unisul.