Com o objetivo de implementar as seis medidas do Projeto “Sucesso na Escola, na Vida e no Trabalho” – que visam melhorar as atitudes e os rendimentos dos alunos – a Fundação Municipal de Educação de Tubarão estreará mais quatro ações no segundo bimestre letivo deste ano:
1) Jornais para professores e alunos: Boa leitura, boa escrita e interpretação de textos são requisitos imprescindíveis à aprendizagem de todas as disciplinas. Alunos não resolverão um só problema de matemática ou de outra disciplina, se não compreenderem o enunciado (Medida 3: Foco maior nas disciplinas estruturantes). Para isso, a Fundação Municipal de Educação informou aos professores sobre assinatura gratuita do Jornal Folha de S.Paulo, por um ano, e estabeleceu parcerias com periódicos locais. (Conteúdos de todas as disciplinas podem ser problematizados por meio de fatos atuais, ainda não constantes nos livros, despertando maior interesse dos alunos pela leitura e produção textual).

2) Reforço Escolar Triplo: Alunos com nota menor que sete receberão reforço do professor titular (como determina a Resolução N.2/2018/Comet), do professor do contraturno e dos pais. (Medida 2: Melhores oportunidades de aprendizagem). Com o propósito de assegurar retorno do investimento (aprendizado maior), ocorrerá reunião prévia com os pais (programa semelhante foi abandonado devido à infrequência dos alunos) e com os professores (titular e do contraturno) para garantir que as etapas retrabalhadas sejam, de fato, as ainda não vencidas. Para tanto, o ‘esquema facilitador’, inserido nas provas, é indispensável.

3) Calendário de todas as Provas: No segundo bimestre, as provas da rede municipal de ensino serão às terças e sextas-feiras (nos bimestres seguintes, os dias da semana podem ser alterados). É, assim, facilitada a cobrança de intensificação dos estudos pelos pais, além dos diários, por meio das tarefas de casa. (Medida 3: oportunizar a inserção dos pais no processo de aprendizagem).

Evita-se: acúmulo de provas no mesmo dia e improviso de professores e alunos. Ninguém poderá alegar desconhecimento. Provas visam aperfeiçoar os processos de ensinar e de aprender (Resolução n. 2/2018/Comet), por meio de detecção e retrabalho das etapas da aprendizagem ainda não vencidas. Requerem, portanto, organização, clareza, propósito educativo e previsibilidade. Não podem ser utilizadas como castigo ou ‘pegadinha’.

4) Educaweb aperfeiçoado: Por meio de computador, smartphones e tablets, os pais poderão ter acesso à frequência escolar, ao registros dos conteúdos trabalhados, dos fatos importantes da vida escolar dos filhos e de datas e notas de provas e trabalhos.
Em breve, outras estreias.