Prof. Maurício da Silva
Presidente da Fundação Municipal de Educação de Tubarão

Dia 15 de outubro é uma data para homenagear aqueles que diariamente distribuem riquezas. Sim, o conhecimento, o cuidado, o carinho e o afeto constituem as maiores riquezas em todos os tempos. Principalmente, nestes, de muita tecnologia e pouca percepção das pessoas, mesmo quando estão muito próximas.

O professor convive grande parte do tempo com os alunos. Cria oportunidades de aprendizagem, provoca interações, corrige quando necessário e se impacta com as alegrias, tristezas, agressões, ansiedades, euforias etc. Muitas vezes o professor é o único apoio do aluno ou de outro professor.

 Sim, o professor ensina, encanta e orienta, mais pelo que representa, por meio dos seus atos, do que pelo que fala.

O professor é decisivo para qualquer Nação. Nenhum país se torna livre, soberano, sustentável e justo sem Educação de qualidade para todos, desde a primeira infância, mediada, evidentemente, pelo professor.

Nenhum Projeto Pedagógico se efetiva sem o professor.  Nenhuma tecnologia em sala de aula melhora a aprendizagem sem o professor. O Brasil coleciona fracassos em inciativas educacionais, divulgadas como revolucionárias, sobretudo, porque, ignorou na execução o professor.

Theodore Schultz (Nobel de Economia) alertou, há 80 anos, sobre a imprescindibilidade   do que cunhou como ‘capital humano’. Serve, principalmente, para a Educação.

Em que pese a grave crise econômica nacional, o município de Tubarão faz esforço, sem igual, para investir cada vez mais no professor. Paga o ‘Piso’ integral na Carreira, o que resulta, para os efetivos, numa das melhores medias salarias de Santa Catarina. Os temporários ganham menos, mas é R$ 800 mensais, a maior, do que os da rede estadual, numa carga horária de 40 horas semanais.

Paga hora atividade para que mestres e mestras prepararem aulas, corrijam provas etc. Instituiu Planejamentos Bimestrais Coletivos para que professores aperfeiçoem práticas pedagógicas.  Estuda o impacto do pagamento da Progressão, em atraso desde 2014, conforme acordado com o sindicado. 

Prepara Concurso de Ingresso. Melhora as condições de trabalho (serão zeradas, ainda este ano, as salas de aula sem climatização – que eram 80 – e os Centros de Educação Infantil sem parques ou roupas de cama para os bebês). Revitaliza escolas, também com parcerias, principalmente as que estavam prestes a desabar (João Hilário de Mello, Juscelino Kubitschek, Recife, Sonho Infantil etc.).

Parabéns, professores. Juntos, estamos transformando Tubarão na melhor cidade do Brasil para se viver.