O Sistema Fecoerusc vive um momento histórico do cooperativismo catarinense. Histórico porque nos sentimos orgulhosos de fazermos parte de um sistema que congrega 950 milhões de cooperados no mundo. A Aliança Cooperativa Internacional (ACI) conta com mais de 230 organizações em 110 países no mundo. Somos a maior organização não governamental do planeta. No Brasil, somos 7,7 mil cooperativas em 13 ramos de atividades com oito milhões de cooperados, gerando mais de 260 mil empregos diretos. Em Santa Catarina, somos 256 cooperativas, 776.749 cooperados, 24.866 empregados diretos e um faturamento bruto de R$ 9.118 bilhões. O ramo de infraestrutura em Santa Catarina, Sistema Fecoerusc com 22 cooperativas de eletrificação, congrega 180 mil cooperados, atendendo cerca de 800 mil catarinenses.

Vivemos um momento importante: 12 cooperativas de eletrificação rural já foram regulamentadas como prestadoras do serviço público, seguindo a legislação do setor elétrico nacional. No dia 18 de março de 2009, com a presença do presidente da Infracoop, tivemos um seminário sobre o regime regulamentado e sobre o que teremos pela frente junto aos órgãos governamentais reguladores e no congresso nacional com a mudança de leis que nos prejudicam seriamente. Na sequência, foi oficializado o conjunto de 13 normas técnicas e segurança. A apresentação foi feita pelo coordenador do projeto, João Belmiro, da Fecoerusc, em parceria com a Satc.

O mais importante foi o apoio das equipes técnicas e de engenheiros das cooperativas que, durante 18 meses, trabalharam na construção do projeto para que, enfim, possa este conjunto de normas ser colocado em prática pelas cooperativas catarinenses.
Após análise, será ainda neste mês de abril oficializado nas 22 filiadas da Fecoerusc, apresentado à sociedade e posto em prática, atendendo as necessidades de todos, buscando a profissionalização dos nossos serviços e, principalmente, oferecendo segurança a todos que consomem um produto de altíssima periculosidade.