Sou eleitor desde 1996, quando votei pela primeira vez, e já naquela eleição alguns cadidatos a vereador já estavam ocupando uma cadeira no legislativo municipal. Alguns eram candidatos e também se mantêm lá até hoje.
Claro que vivemos uma democracia, e esses “dinossauros” estão lá porque o povo elegeu. Quero também ressaltar que temos vereadores que continuam lá porque realmente trabalham durante os quatro anos e, por isso, merecem.

Porém, não posso dizer o mesmo da maioria, pois desde que se elegeram os problemas continuam, e assim as promessas também. Resolver os problemas da comunidade talvez não seja interessante, já que irá faltar argumentos para seus falsos discursos.
Mas, se me perguntarem como eles continuam?
Respondo: Infelizmente, mesmo estando no século 21, a compra de votos continua nas campanhas políticas.
Com esse jeito mesquinho de se eleger, para mim, isso caracteriza uma “ditadura municipal”, já que para eles o importante é reeleger-se.

Há de se considerar um avanço na consiência política do povo, mas ainda estamos longe do ideal. É triste ver tanta gente boa que sempre fica do lado de fora, já que as “múmias” das câmaras de vereadores com seu dinheiro conseguem se manter em seus sarcófagos por mais quatro anos, e com eles todos aqueles problemas que já existiam muito antes de eu ser eleitor.
Mas tenho esperança de que estamos caminhando para um tempo em que possamos enterrar de vez esses ditadores e assim termos idéias novas e soluções sem demagogia.