A festa de aniversário do Ceaca teve decoração caprichada! Rosa para as meninas e verde para os meninos. Bolo, docinhos, sanduíches e refrigerantes completaram as mesas.
A festa de aniversário do Ceaca teve decoração caprichada! Rosa para as meninas e verde para os meninos. Bolo, docinhos, sanduíches e refrigerantes completaram as mesas.

Muitos estudantes têm o sonho de comemorar o aniversário da escola. Com direito àquela festa de arromba, com bolo, brincadeiras, uma sala decorada, muita música e refrigerante a vontade.
Mas não são todas as famílias que podem proporcionar algo assim. E foi por isso que a direção do Centro de Apoio à Criança e ao Adolescente (Ceaca) de Capivari de Baixo teve a grande ideia de organizar uma festança para a garotada.

O projeto Níver Feliz nasceu há quatro anos, e de forma simples. Mas este ano, graças à boa vontade e solidariedade da empresa Belle Fest, de Capivari de Baixo, a comemoração ganhou uma decoração linda.
Ontem, duas festas foram celebradas. Uma para os estudantes da manhã e outra para as turmas da tarde. Os aniversariantes dos primeiros quatro meses deste ano comemoram com os amigos e professores em grande estilo.

A felicidade da garotada estava estampada em suas faces, nos olhinhos brilhantes e nos gritinhos e corre-corre das brincadeiras! “Foi um dia maravilhoso. Eles se divertiram muito. Certamente, terão esta data na memória para sempre”, valoriza a coordenadora e assistente social do Ceaca, Rosa Machado Silveira.
O Ceaca de Capivari de Baixo atende crianças e adolescentes de baixo poder aquisitivo na faixa etária entre 6 aos 18 anos incompletos. Eles ficam na instituição no contraturno escolar, onde recebem alimentação e atividades variadas!

Educação Integrada

Letramento, canto-coral, xadrez, teatro, futsal e rádio escolar são atividades que não se costuma ver nas escolas. Justamente para transformar a unidade educacional em um espaço estimulante e uma extensão de suas casas, a secretaria de educação e cultura da prefeitura de Capivari de Baixo lançou o Programa Mais Educação – Educação Integrada.
Por enquanto, o projeto é desenvolvido na Escola Dom Anselmo Pietrulla, no bairro Caçador. Neste primeiro ano, o programa atenderá 100 crianças e adolescentes do 1° ao 9° ano. Eles estudarão de segunda a sexta-feira, por sete horas diárias. Além das aulas ‘normais’, eles terão a oportunidade de ampliar o conhecimento em oficinas diferenciadas. A meta da prefeitura é expandir o programa para outras unidades escolares.