Fotos: Prefeitura de Capivari de Baixo/Divulgação/Notisul
Fotos: Prefeitura de Capivari de Baixo/Divulgação/Notisul

 

O mundo das drogas é sempre um tema complexo para ser trabalhado nas escolas e também em casa, com a família. Como explicar às crianças e adolescentes o perigo de seguir por este caminho?
 
Ainda que seja difícil falar sobre o assunto, em Capivari de Baixo a temática é recorrente nas escolas da rede municipal de ensino. 
 
A política social da cidade prevê que as instituições precisam ter papel importante na orientação dos estudantes, e não apenas desempenharem as funções pedagógicas.
 
Por isso, uma série de palestras é realizada para alertar e ensinar os jovens a dizerem não para as drogas. Um dos encontros ocorreu neste mês, com os alunos do 9º ano da Escola Santo André.
 
Divididos em equipes, eles prepararam diversas temáticas sobre maconha, crack, cocaína, álcool e cigarro, entre outros entorpecentes perigosos. 
 
O que eles aprenderam com o trabalho ensinaram para os colegas da 6ª e da 8ª séries. A iniciativa da escola, elogia o prefeito Luiz Carlos Brunel Alves, deve ser seguida por outras instituições.
 
“É um assunto delicado, mas, na fase vivida por estes jovens hoje, é preciso abrir o diálogo. Fico feliz em saber que foram os alunos que deram a palestra para os outros estudantes, o que mostra a preocupação à construção de uma sociedade sem a perversidade das drogas”, considera o gestor.
 
“Diga sim à vida e não às drogas”
Além de alertar as crianças e os adolescentes quanto aos perigos das drogas, as palestras organizadas nas escolas de Capivari de Baixo também visam orientar os pais. O último encontro, realizado na semana passada, foi ministrado pela psicóloga Raquel Bittencourt e teve como tema a frase: “Diga sim à vida e não às drogas”. A palestrante fez um alerta para os problemas causados pelo consumo de entorpecentes, as consequências do uso constante de drogas e os péssimos impactos sobre a família.
 
Capacitação
Diretores e especialistas da secretaria de educação e das escolas de Capivari de Baixo participam, na próxima semana, no Dom Anselmo Pietrula, do curso de capacitação dos gestores escolares. As aulas serão ministradas pelo professor Maurício da Silva. O objetivo é recolocar, de forma planejada, executada e acompanhada, o ensino e a aprendizagem, por meio de conteúdos programáticos e atitudes, nos centros das atividades escolares.
 
Melhor estrutura
Novos brinquedos educativos, geladeiras e freezeres foram entregues às escolas e creches que compõem a rede municipal de ensino de Capivari de Baixo. O prefeito Luiz Carlos Brunel Alves pediu que as diretoras e professoras tenham responsabilidades sobre os novos equipamentos. “Os brinquedos educativos não podem ser jogados em um canto da sala de aula. Eles são importantes no desenvolvimento do raciocínio das crianças. Vocês devem inserir estes materiais no plano de ensino”, recomendou o gestor.
 
Dia do Livro
Em alusão ao Dia do Livro, uma ação diferente foi realizada na Escola Dom Anselmo Pietrulla, em Capivari de Baixo. Organizados pela professora Carla Regina Xavier, alunos do 4º do período vespertino exploraram as obras de Monteiro Lobato, criador da literatura infantil no Brasil. Na biblioteca da instituição, os alunos realizaram trabalhos de leitura, além de representar alguns personagens das livros do autor, entre elas Reinações de Narizinho, Emília no país da gramática, O saci e Viagem ao céu.