Os países membros da União Europeia decidiram por unanimidade nesta terça-feira proibir por 30 dias a entrada de pessoas que não pertencem ao bloco, como forma a conter a pandemia do novo coronavírus. O anúncio foi feito pela chanceler alemã Angela Merkel. A medida é inédita para o bloco.

A proibição “com pequenas exceções” será aplicada por 30 dias, declarou Merkel em uma entrevista coletiva de imprensa, após uma reunião com os chefes de Estado e de governo da UE por videoconferência.

Também nesta terça, a Bélgica divulgou que começará amanhã um confinamento restrito até 5 de abril. Só poderão permanecer abertos os mercados, farmácias e postos bancários. Os cidadãos só poderão sair para fazer compras essenciais ou trabalhar – desde que o ofício não possa ser realizado de casa.