Zahyra Mattar
Tubarão

O talento do povo brasileiro marcou presença durante a recepção de boas-vindas aos calouros da universidade Harvard, nos EUA. Mais que isso: o talento de um tubaronense. Eric Westphal, 19 anos, é o mais novo aluno do curso de economia e a prova de que a persistência garante um lugar ao sol.
O tubaronense mora nos EUA desde os 11 anos. Casado com uma americana desde novembro do ano passado, ele inscreveu-se para 14 universidades diferentes, passou em quase todas. Optou por Harvard.

“Penso em seguir carreira como economista, com um atuação mais próxima ao setor de governo. Mas o trabalho dos sonhos mesmo seria representar o Brasil na ONU”, antecipa Eric. E não há dúvidas de que ele um dia possa conquistar a façanha.
Em Tubarão, os familiares não medem palavras para descrever o orgulho. “Ele sempre foi muito estudioso, mas esta foi surpreendente. Harvard! Nossa! É um orgulho imenso. Indescritível”, comemora o pai, Walter Westphal.

Walter e sua esposa, Maria Albertina, eram os donos do antigo Supermercado Bebel, em Tubarão. Após mais de 20 anos de trabalho, os negócios já não iam bem. Foi quando decidiram tentar a vida nos EUA. “Acredito que tenha sido intervenção de Deus. Não fosse por isso, quem sabe Eric não estaria lá hoje”, crê Walter, que retornou com a esposa para Tubarão há dois meses.

Para o avô paterno de Eric, Wilson Westphal, não há palavra que possa descrever o orgulho pelo netinho. “Eu digo netinho porque a gente sempre vê os netos como crianças. Mas já é homem barbado. Não me aguento, conto para todo mundo: meu netinho está em Harvard”, delicia-se seu Wilson, ex-prefeito de Braço do Norte pelo PMDB entre 1970 e 1973.