Tubarão

As dificuldades de mobilidade nas proximidades de algumas escolas de Tubarão não são novidade. Nos horários de entrada e saída de aula, o trânsito vira um verdadeiro caos nos arredores de algumas unidades de ensino.

Parte do problema pode ser resolvida com mudanças e ações que melhorem o serviço de transporte escolar. O assunto foi discutido ontem na Câmara de Vereadores. Participaram o presidente do Legislativo, Pepê Collaço, a presidente da Associação de Transportadores Escolares de Tubarão, Anny Martins, profissionais da categoria, o comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Sílvio Lisboa, o capitão Ivan Cardoso, o diretor de trânsito da prefeitura, Dionísio de Quadros, e o vereador Pedro Mendes Camilo, de Capivari de Baixo. A discussão inclui Capivari porque muitas crianças do município vizinho estudam em Tubarão.

A ideia é facilitar o embarque e desembarque dos estudantes que usam o transporte escolar por meio de mais sinalização e espaços de estacionamento exclusivamente reservados para estes veículos perto das escolas em determinados horários. “Estamos preocupados em melhorar a qualidade do transporte escolar, e essas medidas podem ter grandes resultados”, analisa Pepê.
Além disso, um projeto de lei que regulamenta o serviço de transporte escolar em Tubarão já está em fase final de elaboração na prefeitura e em breve deve ser encaminhado à Câmara de Vereadores.