Tubarão

Um trabalho de acompanhamento e fiscalização da operação de limpeza da calha do Rio Congonhas, foi realizado pela gerência de Agricultura. O serviço contratado pela prefeitura, para execução de maneira constante diminui os riscos de transbordamento do rio, o que comprometeria, principalmente, a rizicultura na região.

 A limpeza é feita por uma máquina do tipo retroescavadeira sobre a plataforma de uma balsa que permite mobilidade pelas margens e uma limpeza mais eficiente da vegetação que se forma no leito do rio. De acordo com o gerente de Agricultura da secretaria de Desenvolvimento Econômico, Daniel Bitencourt, antes de 2018 o serviço era contratado no sistema ‘hora-máquina’ comprovado por rastreamento.

 Os trabalhos contratados em abril, estão concentrados cerca de três quilômetros adiante da ponte de Congonhas. “Hoje, o trabalho passa a ser por empreitada, com pagamento por metro de lâmina d’água limpo, o que gera economia aos cofres do município”, explica Bitencourt.