As pancadas de chuva que caíram do final da tarde desta quarta-feira (16) deixaram 24.598 unidades consumidoras sem energia elétrica em Florianópolis. É a cidade mais afetada em Santa Catarina, segundo a Celesc, que chegou a ficar com 50 mil pontos sem luz.

O bairro mais atingido da Capital é o Rio Tavares (4.441), no sul da Ilha, seguido do Córrego Grande (3.803), Lagoa da Conceição (3.742) e Estreito (3.018), o que mostra que as interrupções atingiram quase todas as regiões da Capital, com exceção do norte. Diversas equipes da Celesc estão em campo para restabelecer o serviço, informa a companhia.

Na Lagoa da Conceição, inclusive, houve destelhamento no comércio do centrinho. Um carro foi atingido no para-brisa e na lataria pelos destroços. Os ventos fortes lançaram galhos e objetos na rede elétrica, e a região deve ficar sem luz até a meia noite.

Lá também um barco à vela virou na Lagoa, próximo a margem da Avenida das Rendeiras. Os dois tripulantes da pequena embarcação pediram o apoio os bombeiros, e um barco da corporação rebocou o veleiro até a margem. Os dois ocupantes do barco não se afogaram e passam bem

A Defesa civil municipal alerta que está previsto um novo temporal para as próximas horas em Florianópolis.

Nas demais cidades da Grande Florianópolis, a situação é normal. No entanto, Lages, Rio do Sul e Tubarão também enfrentam problemas com o serviço. Se você foi afetado aguarde o retorno ou mande um SMS para 48196 com a mensagem SEM LUZ e o número da unidade consumidora.