Tubarão

A religiosidade diminuiu, a população também, para muitos “são coisas de velhos e beatas”, e as tradições pascais continuam a ser vividas em todo o país. E engana-se que são os idosos e beatas os únicos a manterem a chama da ressurreição divina acesa. Cada vez mais os jovens fazem questão de respeitar costumes seculares.
“Na minha família, é tradição não comer carne na quarta e na sexta-feira durante toda a quaresma. Eu e meu marido também fizemos esta opção como forma de refletir e nos aproximarmos de Deus”, conta a cabeleireira Viviane Keli Cardoso.

Para ela, a época é vista como uma renovação, uma oportunidade para mudar e renascer. E é com este sentimento e objetivo que católicos de todo o mundo reúnem-se hoje e amanhã para um dos rituais mais belos da igreja apostólica romana: a vivência e encenação figurativa da morte e da santa ressureição de Jesus Cristo.
Em Tubarão, milhares de católicos participam hoje do lavapés e, amanhã, de vários círculos de orações e a procissão do senhor morto, cujo intuito simboliza a morte do filho de Deus para salvar a humanidade. (Confira a programação do fim da Semana Santa no quadro abaixo).

Na noite de ontem, o bispo Dom Jacinto Bergmann e todos os padres da diocese celebraram a missa de Crisma e a sagração dos santos óleos. Milhares de fiéis acompanharam a cerimônia, na Catedral. “A Páscoa é um momento para refletir sobre a vida e para fundamentar os maiores ensinamentos que Cristo nos deixou: perdoar e amar o próximo”, afirma Viviane.

Programação
Hoje
8 horas e às 16 horas – Confissão comunitária (durante o dia, haverá confissão individual).
19h30min – Missa da ceia do Senhor e instituição da eucaristia com encenação do Lavapés.
21 horas – Início da adoração do santíssimo sacramento, na Cripta da Catedral, até as 11 horas de amanhã. Haverá escala, com revezamento de grupo, a cada hora.

Amanhã
8h30min – Confissão comunitária, na Catedral, para crianças.
10 horas – Confissão comunitária, na Catedral, especialmente para os jovens.
15 horas – Oração litúrgica com adoração da cruz.
19h30min – Procissão do Senhor Morto.

Sábado (19h30min)
Vigília da ressureição com bênção do fogo novo do Círio Pascal.
Procissão e anúncio da Páscoa.
Bênção da água e missa da vigília pascal.

Domingo
Missa na Catedral às 9, 18 e 19h30min.