Zahyra Mattar
Tubarão

Hoje as escolas públicas estaduais, na área de abrangência da secretaria de desenvolvimento regional em Tubarão (Capivari de Baixo, Gravatal, Jaguaruna, Sangão, Pedras Grandes, Treze de Maio e Tubarão), retornam aos bancos escolares. Os alunos iniciam o ano letivo com uma diferença: a reforma ortográfica, cuja alteração na escrita de algumas palavras mudou e é válida desde o dia 1º de janeiro deste ano.

Se para os profissionais que lidam com a escrita diariamente as alterações confundem e deixam dúvidas (ainda há pontos conflitantes que não foram esclarecidos. É o caso do emprego do hífen, por exemplo), para os estudantes do ensino fundamental e médio, que já aprenderam todo o modo anterior, as novas regras serão um desafio.
Para os pequenos, que serão alfabetizados já dentro do conteúdo da reforma ortográfica, haverá mais facilidade.

A gerência de educação em Tubarão ainda não anunciou mudanças no ensino da língua portuguesa. Aguarda um parecer do estado quanto a isso. “Como as duas formas escritas serão válidas até 31 de dezembro de 2012, a troca dos livros será feita somente após a publicação do novo Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, da Academia Brasileira de Letras, o que deverá ocorrer até a metade deste ano”, acredita o gerente de ensino fundamental da secretaria estadual de educação, Isaac Ferreira.

Paralelamente, o estado inicia a confecção, já a partir desta semana, de 20 mil banners, manuais e a promoção de cursos sobre as novas regras da ortografia. Na gerência de Tubarão, 23 mil alunos do ensino fundamental e médio retornam às aulas hoje, em 43 escolas do estado, sob a coordenação de 1,3 mil professores.

O acordo
O novo acordo ortográfico da língua portuguesa envolve os oito países lusófonos: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. As alterações atingem 0,5% das palavras no Brasil e 1,6% nos demais países.

Escolas municipais
Laguna
Hoje, a rede de ensino municipal de Laguna também retorna para as salas de aulas. São dois mil alunos do ensino fundamental distribuídos em 22 escolas. No ensino infantil, algumas creches já iniciaram as aulas no dia 15 do último mês, caso das comunidades de Cabeçuda, Vila Vitória e Portinho. Nas outras unidades (Farol, Laranjeiras, Mato Alto, Morro Grande, Caputera, Pescaria Brava, Sertão do Siqueiro, Estreito e Progresso), as aulas também iniciam hoje.

Tubarão
As aulas nas escolas municipais de Tubarão começarão somente no dia 26 deste mês, após o feriado de Carnaval.