Karen Novochadlo
Tubarão
 
Até o dia 15 do próximo mês, devem ser liberado os R$ 15 milhões requisitados por Tubarão ao Banco de Desenvolvimento do Estado de Santa Catarina (Badesc). A agência de fomento já aprovou a documentação, mas ainda falta o parecer da secretaria do tesouro nacional, em Brasília. 
 
Gustavo Salvador Pereira, chefe de gabinete do vice-prefeito Pepê Collaço, revela que a análise dos documentos atrasou porque foram priorizados os municípios do Vale do Itajaí e norte do estado, que sofreram com as chuvas de agosto. 
 
Até que a aprovação ocorra, Gustavo viaja periodicamente a Florianópolis para atualizar a documentação. Basta o aval da pasta federal para que a prefeitura possa acessar o recurso, licitar e realizar as obras previstas: mais uma ponte no centro da cidade (na rua Rui Barbosa), a ponte que ligará as duas comunidades da Guarda, pavimentações dos acessos às passagens e a revitalização do Ginásio Otto Feuerschuette, no bairro Aeroporto.
 
Com a verba, o ginásio passará por uma repaginada completa. Da estrutura original, será reaproveitada a estrutura da arquibancada. O telhado será trocado, a quadra alargada, feita uma pista para a caminhada. Nos fundos do ginásio, será instalada a sede da fundação de Cultura e Esporte.