Cíntia Abreu
Tubarão

Chegado o tão esperado fim de semana. Com esses dias de descanso, surge a grande dúvida: onde fazer um programa agradável e acessível com a família?
Quem estiver preocupado com o futuro dos filhos e netos pode participar da feira que mostra de uma forma agradável e conscientizadora o que tem acontecido com a natureza na região de Tubarão, além da exposição de animais que vivem em nosso habitat.

Os acadêmicos da 5ª fase do curso de ciências biológicas da Unisul, em parceria com o Farol Shopping, realizam a feira Farol Verde. O evento começou quinta-feira e encerra neste domingo. “Nosso objetivo é alertar a população da importância de conhecer e cuidar melhor de nossa natureza regional. Chegando aqui, mostramos um vídeo explicativo sobre a fauna e flora regional, e o que está acontecendo com toda a degradação da natureza”, explica a universitária Flávia Tonon.

Na feira, ainda é possível observar animais que vivem na região, como também outros que chegaram aqui em consequência de correntes marítimas. Exemplo deste caso é o pinguim, parte da exposição. Os animais empalhados e os cartazes chamam a atenção dos alunos que vão até o local. O aluno Wesley Antunes Maria, 10 anos, conta com ares de preocupação tudo que observou. “Achei muito interessante a feira. Com o vídeo, podemos ver o quanto os animais sofrem, muitas vezes por nossa culpa”, lamenta, e garante que, quando se tornar adulto, pretende cuidar mais da natureza.

Dnit promove ação ecológica

Os usuários da BR-101 que passaram por Tubarão na manhã desta sexta-feira foram surpreendidos pelo “pedágio do Quati”, o mascote do Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes (Dnit). A ação, feita pela Empresa de Supervisão e Gerenciamento Ambiental (Esga), teve o objetivo de despertar a conservação da natureza às margens da rodovia.

Durante toda a manhã, equipes da Esga e do Dnit distribuíram 500 kits com fôlderes explicativos, saquinhos de lixo, adesivo e camisetas. A ação foi feita junto ao posto da Polícia Rodoviária Federal. “A duplicação da BR-101 não é apenas um obra civil. Vários projetos ambientais são elaborados em torno da estrada”, pontua o assessor de comunicação do Dnit, Breno Maestri.