Em Tubarão, mais de dois mil servidores da educação serão imunizados. Campanha nacional de vacinação ocorre até o dia 26 de maio.

Tubarão

A novidade deste ano na Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza é a inclusão de professores das redes pública e privada no público-alvo. A partir de hoje, as doses passam a ser destinadas também a esse grupo, que em Tubarão representam 2.681 pessoas.

O diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Daisson Trevisol, destaca que a inclusão dos professores na lista prioritária de vacinação, assim como os idosos e as crianças é muito importante. “São pacientes que circulam em todos os meios, têm contato diário com os alunos e geralmente em local fechado”, ressalta.

Para receber a vacina, basta se dirigir a uma unidade de saúde. Os professores precisam apresentar comprovante de vínculo com uma instituição de ensino. A coordenadora do departamento de Imunização da FMS, Juliana Nunes Cardoso, pede que seja apresentada uma declaração da diretora, confirmando que o professor está em sala de aula e um documento que comprove o vínculo, como contracheque ou crachá, por exemplo.

A partir de hoje, a campanha também está aberta para crianças de seis meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas – e os funcionários do sistema prisional.

A campanha seguirá até 26 de maio, sendo que dia 13 acontecerá a mobilização nacional. Em Tubarão, devem ser imunizadas 37.646 pessoas.

São 15 salas de vacinação em Tubarão
Em Tubarão, todas as unidades de saúde possuem vacina, porém, crianças podem receber as doses somente nos postos: núcleo de epidemiologia, Bom Pastor, Congonhas, São Luiz, Mato Alto, Passagem, Campestre, Revoredo, São Martinho 1, São Cristóvão, Fábio Silva, Km 60, Humaitá, Morrotes, Sertão dos Corrêa e Oficinas 1.

Foto: Divulgação/Notisul