O Procon de Tubarão analisa um possível aumento abusivo no preço de álcool gel, luvas e máscaras em 17 estabelecimentos em uma fiscalização realizada entre o último dia 17 e esta terça-feira (24). A ação foi motivada por várias denúncias de consumidores após o início da pandemia da Covid-19.

De acordo com o coordenador do Procon Ângelo Pulita o trabalho de fiscalização aconteceu em 20 estabelecimentos, entre farmácias e supermercados. Destes, 17 foram notificados a apresentarem as notas fiscais da compra dos produtos junto aos fornecedores.

Os documentos vão permitir fazer um cruzamento de valores que irão indicar se houve ou não o aumento abusivo.

Se confirmada a irregularidade, os estabelecimentos serão multados. O Procon ainda está com o atendimento presencial suspenso. A orientação é que, em caso de reclamação o consumidor acesse o site www.consumidor.gov.br. No caso de denúncias relacionadas ao aumento abusivo no valor de mercadorias o contato pode ser feito através do telefone (48) 99600-4967 e no e-mail procon@tubarao.sc.gov.br.