Braço do Norte

Com o objetivo de melhorar o aspecto da cidade por meio da limpeza e boa conservação dos espaços públicos e particulares, a prefeitura de Braço do Norte promove o primeiro mutirão “Limpa BN. A iniciativa busca conscientizar a população da importância de manter o município limpo. Além da boa higiene, um espaço agradável traz uma série de benefícios, como por exemplo, a elevação da autoestima da população e atração de turistas.

A ação ocorre amanhã, a partir das 7 horas. Serão criadas quatro frentes de trabalhos, divididas entre os participantes em quatro diferentes locais, sendo eles: a Avenida Getúlio Vargas, a Rua 7 de Setembro, o parque infantil da Praça Padre Roer e o parque infantil ao lado do Ginásio de Esportes Atílio Ghisi. Além da limpeza também serão realizadas reformas nos parquinhos.

Todos os cargos comissionados da Prefeitura foram chamados para participar do evento. A prefeitura ressalta que o convite se estende à toda a população que esteja interessada em contribuir com o mutirão. “Precisamos melhorar a imagem de nossa cidade. Limpeza é algo básico e ao mesmo tempo é um diferencial, uma cidade limpa e bela é uma cidade de pessoas felizes”, afirma o prefeito Beto Kuerten Marcelino (PSD).

Ele reforça a responsabilidade de todos diante desta missão. “Se cada um fizer a sua parte, juntos vamos transformar Braço do Norte em uma referência em beleza, cada morador e lojista que cuidar da sua calçada, do seu lote baldio, plantando flores e mantendo-os em ordem, estará fazendo a sua parte e contribuindo para uma Braço do Norte mais bonita”.

Empresa terceirizada realizará manutenção de vias
Como parte do programa intitulado “Limpa BN”, a prefeitura de Braço do Norte terceirizou o corte de gramas dos jardins das praças Padre Roer e Coronel Collaço, dos canteiros da Avenida Felipe Schmidt e do complexo esportivo ao redor do Ginásio Atílio Ghisi. Além desses trabalhos, as pinturas dos meios-fios da Avenida Felipe Schmidt também serão realizadas em breve, recebendo manutenção constante também através de empresa terceirizada. O programa também engloba a contratação por concurso público de um fiscal de postura para a cidade. Essa é uma das prioridades do projeto. Apesar de um código de postura existir a décadas, criado por lei municipal, não existe o fiscal para fazer cumprir esse conjunto de leis importante para um desenvolvimento ordeiro da cidade.