#ParaTodosVerem Na foto, a vista do piso da Ponte Pênsil, em Tubarão
- Foto: Marcelo Becker | PMT | Divulgação

No próximo dia 2 de agosto, a ponte pênsil em frente à Unisul, em Tubarão, completará 58 anos de sua inauguração. E a data vai ser celebrada de maneira justa: a partir de agora a passagem sobre o Rio Tubarão será oficialmente parte do Patrimônio Material Cultural do Município. O decreto de tombamento foi publicado nesta terça-feira (19), no Diário Oficial do Município (DOM). O processo deste tombamento iniciou em março de 2019, quando o Conselho Municipal do Patrimônio Cultural e Natural de Tubarão (Compac) instituiu um grupo de trabalho para estudo técnico sobre o valor histórico e cultural da Ponte Pênsil Paulo João do Nascimento, conforme ‘batismo’ pela Lei 2.172, de 1998, como também é chamada pelo população.

A construção da nova passarela de pedestres ao lado da tradicional Ponte Pênsil motivou o estudo, a fim de garantir que não houvesse nenhuma ação de degradação antes da verificação de seu valor histórico e cultural como Patrimônio Cultural Tubaronense. Além do levantamento a partir de fontes primárias e bibliográficas, também aplicado um questionário com foco nas comunidades circunvizinhas do Dehon, Oficinas, Centro e Morrotes. O resultado foi que 85,3% das pessoas que responderam ao formulário consideraram a Ponte de Arame um patrimônio histórico, 82,3 % disseram ser a favor do tombamento da estrutura. “A participação da sociedade na pesquisa foi fundamental para validação deste tombamento, uma vez que a as pessoas consideram a ponte um símbolo tubaronense”, corrobora o presidente do Compac e da Fundação Municipal de Cultura, Carlos Zamparetti. 

Fonte: Prefeitura de Tubarão

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul