Tubarão

Com a profissionalização do crime organizado e a visível migração de facções como a paulista Primeiro Comando da Capital (PCC) para Santa Catarina, as forças de segurança também buscam avanços. A última semana, entre 13 e 16 de março, foi científica para o GTO, do 5 Batalhão de Polícia Militar de Tubarão, com a avaliação do resultado dos treinamentos.

Mais de vinte policiais do grupo especializado do 5° Batalhão foram avaliados com uma série testes de aptidão física. Os avaliadores também são da Polícia Militar de Santa Catarina e graduados em Educação Física. “O resultado mostrou que o grupo está em excelente forma física. Todos policiais apresentaram classificação máxima nos testes realizados”, relata o Sd. Giassi, um dos avaliadores.

Entre outras técnicas, foram aplicados o Dinamômetro Lombar, Teste de Cooper, Barra Fixa e Flexibilidade. “Contamos com o apoio da Unisul que cedeu equipamento para a realização de alguns testes”, agradece o policial, que além de profissional de Educação Física é faixa preta de jiu-jitsu. Os testes foram realizados pelos policiais, Sd Ramos, Sd Giassi e Sd Amadeu. Todos graduados em Educação Física.