A Polícia Civil de Balneário Rincão prendeu temporariamente, nesta quinta-feira (17), um suspeito de 24 anos, de ter matado Marlise de Souza Roldão de Oliveira, de 49 anos, encontrada decapitada na noite de 27 de novembro, em um terreno próximo ao cemitério do Bairro Pedreiras. De acordo com o agente da PC na cidade Leandro Klug ainda não se pode confirmar que, de fato, ele é o autor, contudo, as investigações continuam.

 A investigação aponta, ainda, que posteriormente, de forma a comprovar o crime, ele voltou até o local e cortou a cabeça do cadáver, levando-a até dois adolescentes, a pedido deles. Depois disso, acabou a enterrando em outro lugar.

A cabeça de Marlise  foi encontrada no dia 7 de janeiro em um terreno baldio no Bairro Lagoa dos Freitas. A Polícia Militar (PM) encontrou a cabeça da vítima após receber denúncias pela Central de Emergência.