A Petrobras e o Sebrae divulgam, na terça-feira (21), as 30 pequenas empresas inovadoras pré-selecionadas para a fase final da segunda edição do Programa Petrobras Conexões para Inovação – Módulo Startups. Com o objetivo de aumentar a competitividade e o potencial de geração de valor do programa, a Petrobras aumentou de 24 para 30 o número de propostas selecionadas na primeira fase do programa.

Com 363 propostas, o edital superou em mais de cem o número de inscrições na edição anterior, cuja seleção foi concluída em dezembro de 2019. O Estado de Santa Catarina contou com 32 propostas inscritas e finalizadas na plataforma. Ficamos na terceira posição no ranking de inscrições, junto com MG, ficando atrás apenas de SP e RJ.

Na próxima etapa da disputa, as startups submetem suas propostas ao sistema de Gestão de Projetos da Petrobras, para melhor detalhamento. A partir de agosto, haverá interação técnica com profissionais da companhia e do Sebrae para refinamento do plano de trabalho e do modelo de negócios.

As candidatas receberão assessoria e treinamento para as apresentações no Pitch Day, de onde sairão as vencedoras. De Santa Catarina, temos 4 finalistas, sendo que 2 delas são graduadas da incubadora Miditec – Acate e Sebrae, as empresas Aquarela Advanced Analytcs e a Ltrace. Incorporam o time a The Insight e Vertesis.

Para o diretor de Transformação Digital e Inovação da Petrobras, Nicolás Simone O Programa contribui para a aceleração do desenvolvimento do ecossistema de inovação da Petrobras, buscando ideias inovadoras. “Que elas possam contribuir para o alcance de soluções que gerem valor para a Companhia”.

Considerado de maior escala que o anterior, o 2°edital do programa trouxe 54 desafios, em nove diferentes áreas: tecnologias digitais, robótica, eficiência energética, catalisadores, corrosão, redução de carbono, modelagem geológica, tecnologias de inspeção e tratamento de água. Cada projeto poderá receber recursos de R$ 500 mil a R$ 1 milhão, a depender do valor gerado ao negócio da Petrobras.

“Por meio desta parceria, o Sebrae viabiliza que pequenos negócios se insiram de forma efetiva no processo de inovação aberta da Petrobras, desenvolvendo tecnologia e inovação para gerar maior competitividade no mercado brasileiro e fortalecer a cadeia produtiva de petróleo e gás no país”, afirma o diretor técnico, Bruno Quick.

Os vencedores contarão com a assessoria da Petrobras e do Sebrae para que suas soluções tenham os benefícios comprovados e modelos de negócios que garantam a geração de valor no curto prazo. Para os projetos finalizados com sucesso, a Petrobras buscará viabilizar a continuidade do seu desenvolvimento com a implantação e testes em campo, por meio de um lote piloto ou serviço pioneiro.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul