Em menos de um mês, dois grandes shows para fazer a ‘festa’ de um público apaixonado por música boa. Depois de Zé Neto e Cristiano, neste fim de semana o Dj Dennis aportou em Jaguaruna e fez a alegria da ‘galera’

Jaguaruna

O fenômeno das pistas e um dos maiores “hitmakers” do Brasil, o DJ do Rio de Janeiro, Dennis, misturou o pop, o funk e a música eletrônica, transformando o seu ‘Baile do Dennis’ em um dos mais concorridos eventos do país. A atração esperada há mais de um mês, enfim chegou a Makawi Bech Club, em Jaguaruna, ontem e fez um grande espetáculo na casa de shows da Cidade das Praias.
Era 2h30min da madrugada de ontem, quando Dennis subiu ao palco da festa de Páscoa. Por ali, já tinham passado nomes badalados da região que fizeram a festa, como o grupo Jeito Louco, o DJ Júnior M; e os DJs Allex W, Rainer Mizu e Leonardo, no Manaha Stage. Mas a expectativa era pelo carioca, que é autor e produtor dos hits mais tocados em rádios e ‘baladas’ pelo Brasil.
Embalos como ‘Na farra’, ‘Musa’, ‘Lindona’, ‘Santinha’ e a estourada, ‘Malandramente’, a qual a menina seduz a “tropa”, mas “mete o pé pra casa” e se despede com um simples “Nós se vê por aí” foram tocados e levaram o público ao delírio.
O projeto ‘Dennis feat’ já reuniu grandes nomes de diferentes ritmos da música brasileira ao longo de suas apresentações e gravações, como Wesley Safadão, Lucas Lucco, Valesca, MC Guimê, João Lucas & Marcelo, Buchecha, Nego do Borel, Naldo, Toni Garrido, além de Ronaldinho Gaúcho.
Uma superprodução com muitos efeitos especiais, o Baile do Dennis tem lotação esgotada por onde passa. A iniciativa virou uma referência no mercado de shows em todo o país, propagando o ritmo que vem das periferias para outras classes e desconstruindo preconceitos. Atualmente, o funk atinge uma faixa etária abrangente em diversas cidades do Brasil, independente de classe social, além de ser um ritmo reconhecido no mundo todo.