Vorli e Camila já tinham um bom relacionamento, mas o interesse da mãe em atualizar-se fez com as duas passassem a compreender melhor uma a outra.
Vorli e Camila já tinham um bom relacionamento, mas o interesse da mãe em atualizar-se fez com as duas passassem a compreender melhor uma a outra.

Karen Novochadlo
Tubarão

Cultivar um bom relacionamento com os filhos é uma forma de evitar problemas como envolvimento com drogas e desvios de comportamento, por exemplo. E foi justamente com este propósito que o Conselho Municipal de Segurança de Tubarão idealizou o projeto Escola de Pais.
Nas aulas, pais e mães aprendem e revisam alguns conceitos utilizados na criação dos filhos. “O principal objetivo é que as crianças busquem os pais como referência e não o traficante”, exemplifica o presidente do conselho, professor Maurício da Silva.
 

A primeira turma foi formada por pais do bairro Morrotes, cujos filhos tinham problemas escolares. Mas assim que ‘correu’ a notícia do curso, homens e mulheres de outras comunidades e até de Capivari de Baixo inscreveram-se.
Este sucesso, fez com que o conselho já definisse que o curso, totalmente gratuito, seja continuado em 2011. As aulas serão ministradas nos bairros Fábio Silva, São João e Jardim Floresta (Área Verde).
 

A dona de casa Vorli Rodrigues Fernandes, 40 anos, sempre teve um bom relacionamento com a filha Camila Fernandes da Silva, 13 anos. Mesmo assim resolveu fazer o curso por acreditar que os pais também devem ficar atualizados para poderem compreender melhor os filhos.
“No curso, nos mostraram como os pais devem se comportar, quando conversar com os filhos ou castigar. Tudo foi instruído conforme a Bíblia. Recomendo para todos os pais”, incentiva Vorli. A formatura da primeira turma foi na semana passada. O diploma é assinado pela Universidade da Família, de São Paulo.