Forquilhinha

Um pai descobriu que a filha estava participando do jogo Baleia Azul, em Forquilhinha.  Jeferson Pussi, morador do bairro Santa Isabel, contou que flagrou a filha com os braços cortados por causa do desafio.

“Minha filha tomou uma cartela de remédio e ingeriu bebida alcóolica junto, além de cortar os próprios braços. É muito triste ver sua filha tendo convulsões, revirando os olhos, e estar toda cortada e não poder fazer nada, pois por mais que ficamos em cima eles dão um jeito. É uma dor horrível”, conta.

A adolescente de 15 anos está recebendo acompanhamento psicológico e psiquiátrico. Ela confessou que estava participando do jogo e que o “curador” seria um colega da escola, também de Forquilhinha.

Fonte: Jornal Volta Grande
Foto: Divulgação/Portal Notisul