Laguna

A Operação Lacre Ambiental será retomada nesta segunda-feira, no bairro Portinho, em Laguna. A equipe de fiscais da Flama, Vigilância Sanitária e Fiscalização de Obras irá vistoriar se há problemas com esgoto clandestino na rua Júlia de Oliveira. O objetivo é identificar ligações irregulares de esgoto nesta região.

O anúncio foi feito nesta sexta-feira, durante uma reunião com gestores da Flama, Casan, Vigilância Sanitária e prefeitura. A operação conjunta seguirá três vezes na semana na Praia do Mar Grosso e, uma vez por semana, será escolhido outro bairro de Laguna para fiscalização. De acordo com a presidente da Flama, Deise Xavier, a operação se estenderá por toda cidade. “As pessoas precisam se conscientizar que devem regularizar o esgoto de suas residências e estabelecimentos comerciais, porque vamos chegar a todos os imóveis da cidade”, assegurou.

Comandada pela Fundação Lagunense do Meio Ambiente (Flama), em uma ação conjunta com a Vigilância Sanitária, Fiscalização de Obras, Casan e Secretaria de Obras, a ação tem como objetivo identificar todas as ligações clandestinas de esgoto cloacal na rede pluvial e outros tipos de ligações irregulares na rede de esgoto do Mar Grosso e outras localidades da Cidade Juliana, além da desobstrução e melhoria da rede de drenagem pluvial que esteja obstruída.

“A Operação Lacre Ambiental não é só dessa gestão. Deve ser realizada para sempre, pois saneamento é uma questão que precisa ser resolvida diariamente”, salienta o coordenador da Vigilância Sanitária, Alex de Bem.