Criciúma 

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Estado e Subseção de Criciúma, emitiram uma nota nesta quinta-feira (11), lamentando o atentado criminoso que ocorreu nesta semana em um escritório de advocacia na Cidade Carbonífera.

Segundo o presidente da Subseção de Criciúma, Fábio Jeremias de Souza, o escritório foi apedrejado e há fortes indícios, de que o criminoso possui ligação com pessoas que estariam ameaçando o proprietário do estabelecimento. “O advogado estava recebendo ameaças e registrou um Boletim de Ocorrências, agora cabe a Polícia Civil investigar se há ligação entre os fatos”, declarou o presidente.

A OAB ainda prestou solidariedade ao profissional através das Comissões de Prerrogativas da Seccional e da Subseção de Criciúma e acompanha atentamente as investigações. “Diante da gravidade dos fatos, reiteramos que estamos acompanhando as investigações, aguardando agilidade das autoridades e na elucidação deste lamentável episódio”, informa a nota encaminhada à imprensa.