Somente os guardas municipais poderão aplicar multas aos motoristas
Somente os guardas municipais poderão aplicar multas aos motoristas

 

Karen Novochadlo
Tubarão
 
Os preparativos para iniciar a operação do estacionamento rotativo Área Azul, em Tubarão, já começaram. A partir do dia 6 do próximo mês, o sistema deve ter pelo menos 450 vagas em funcionamento. 
Nesta semana, alguns funcionários do consórcio Extran reuniram-se com o diretor do departamento de planejamento de tráfego da prefeitura, Rodrigo Vieira Joaquim. Eles discutiram alguns detalhes do projeto. Os colaboradores do consórcio chegaram segunda-feira ao município e terminaram o levantamento de todas as ruas que integram o estacionamento. “Estará tudo pronto no prazo. A empresa me confirmou hoje (ontem)”, afirmou Rodrigo. 
 
Também estão em fase de conclusão os acertos para o aluguel da sede do escritório, que será localizado na rua Lauro Müller (beira-rio), próximo à lotérica Ponto da Sorte. As próximas etapas serão a marcação das áreas do estacionamento e a contratação de pessoal. O trabalho de demarcação das vagas e a colocação dos parquímetros será realizado por empresas terceirizadas. A Extran já começou as negociações. 
 
A Área Azul abrangerá 1.064 vagas de estacionamento no centro da cidade: 730 para automóveis, 18 para carga e descarga e 316 para motocicletas. O sistema funcionará das 8 às 18 horas, de segunda a sexta-feira, e das 8 horas ao meio-dia aos sábados.
 
O consórcio Extran é formado pelas empresas Explora, de Brasília, e Soluções em Tecnologia de Trânsito, de Goiânia. A proposta comercial do consórcio prevê que 15% do valor bruto arrecadado será repassado à prefeitura para investimentos em programas educacionais e melhorias do trânsito da cidade.
 
Cartão de crédito
Ao adquirir pela primeira vez o cartão, o usuário pagará R$ 3,00 e ganhará meia hora de crédito. Os créditos recarregados têm validade de seis meses. O tempo máximo de permanência na mesma vaga é de duas horas.
Cada cartão poderá ser recarregado com o valor mínimo de R$ 1,25, o que corresponde a uma hora de uso. O abastecimento dos créditos poderá ser feita em um dos diversos pontos de venda (estes locais estão em definição) e também pela internet.
Para garantir a rotatividade, cada usuário poderá ocupar a mesma vaga por um tempo máximo de duas horas. Quando este tempo expirar, o sistema avisará o agente de trânsito mais próximo de que existe um veículo em situação irregular, e ele chamará a Guarda Municipal.
 
Parquímetro estacionamento fácil
O sistema escolhido para ser implantado pela Extran é o ‘parquímetro estacionamento fácil’. O funcionamento ocorre através de leitores de cartões magnéticos e de detectores de presença, que registram quando a vaga é ocupada ou liberada.
Ao chegar no espaço, o usuário insere o cartão no parquímetro. Ao retirar o veículo, deve ser realizado o mesmo procedimento. O consumidor só pagará pelo tempo que permaneceu no local. Qualquer irregularidade é enviada automaticamente à central de controle. O próprio sistema acionará o GPS do agente de trânsito, que irá até o local verificar a situação.
 
O antigo sistema
♦ Desde 2006, o sistema de estacionamento rotativo de Tubarão é gerenciado por uma empresa terceirizada, que presta contas à prefeitura. Antes disso, a administração era municipal.
♦ O contrato da Área Azul foi rescindido com a empresa Caiuá Assessoria, Consultoria e Planejamento, de Joinville, em setembro do ano passado.
♦ As principais reclamações da população eram os avisos de irregularidade aplicados por monitoras do estacionamento rotativo.
♦ Estas notificações foram suspensas no dia 4 de fevereiro do ano passado, através de uma ação civil pública proposta pela promotoria de justiça do Ministério Público de Tubarão.