Tubarão

“Um dia histórico para os tubaronenses”. Assim, o prefeito Joares Ponticelli definiu esta quarta-feira, 11 de dezembro de 2019, dia em que foi zerada a fila de crianças à espera de uma vaga em um dos Centros de Educação Infantil da rede municipal. O anúncio foi feito em ato realizado pela manhã, no Paço Municipal.

Para o prefeito, esta é, sem dúvida, a maior “obra” de sua gestão. Prestes a completar três anos à frente da administração municipal de Tubarão, Ponticelli diz que aguardou ansioso pela chegada deste dia. “Não é uma obra palpável, que se pode tocar, mas é a mais significativa, pois estamos investindo em gente, formando futuros cidadãos”, enfatizou o prefeito, ao acrescentar ainda que o ensino infantil é um dos mais importantes para a formação dos indivíduos. “Crianças que frequentam a educação infantil têm muito mais chances de serem bem-sucedidas”, frisou.

Durante o ato, os servidores da Fundação Municipal de Educação acessaram o EducaWeb, site no qual estão cadastradas as crianças da rede municipal e demonstraram que na aba “pendentes” não constava nenhum nome. “É uma vitória. Resultado do trabalho conjunto de diversas áreas da rede municipal, o que nos permitiu cumprir essa importante meta e garantir acesso à educação de qualidade às nossas crianças”, salientou o diretor-presidente da Fundação Municipal de Educação, Maurício da Silva.

Em 2017, no início da atual administração havia 740 crianças à espera de uma vaga na educação infantil. O zeramento da fila é creditado a alguns fatores já colocados em prática: cadastro fila única – que garantiu a transparência – ampliação da parceria com a rede estadual, passando de cinco para sete salas e com a rede conveniada, além do credenciamento da rede privada para a compra de vagas.

Outras iniciativas em andamento também ampliarão o acesso das crianças ao ensino infantil: construção dos Centros de Educação Infantil São Martinho e São João, com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), adequação das escolas Visconde de Mauá e Angélica Cabral e investimentos de mais de R$ 1,5 milhão em obras e serviços, que dotarão as unidades escolares com infraestrutura adequada para o pleno desenvolvimento da oferta de educação de qualidade.

Cessão – Durante o ato realizado pela manhã, foi assinado também o termo de cessão de uso pelo município, de bens imóveis do estado. A coordenadora regional de Educação do Estado Maricelma Simiano Jung explicou que há anos a prefeitura e o governo do Estado são parceiros, contudo, havia necessidade de oficializar o uso destes espaços públicos. “O termo contém todos os deveres e direitos de cada uma das esferas, definindo o que cabe a elas, garantindo assim o uso dos imóveis e a permanência dos alunos em sala de aula”, ressaltou.

Atualmente, a prefeitura ocupa espaços nas escolas da rede estadual: Bertoldo Zimmermann, Senador Francisco Benjamin Gallotti, João Teixeira Nunes, Hercílio Luz e Célia Coelho Cruz. “Quando unimos a força das redes, podemos garantir uma educação de maior qualidade e todos ganham com isso”, reforçou Maricelma.