Uma mulher morreu após ser atropelada por um carro autônomo da empresa Uber no estado do Arizona, nos Estados Unidos. O acidente, que é o primeiro envolvendo um veículo autônomo que resulta em morte, aconteceu na madrugada desta segunda-feira.

Conforme as informações da polícia americana, o carro tinha um motorista, mas estava circulando em modo autônomo no momento do acidente. A mulher teria atravessado a pista fora da faixa. 

Em nota, a Uber anunciou que está cooperando com a polícia. “Nossas condolências à família da vítima. Cooperamos totalmente com as autoridades locais em sua investigação sobre o acidente”, escreveu a companhia, após suspender todo o seu programa de veículos autônomos no país e no Canadá.

Essa é a primeira fatalidade envolvendo um veículo autônomo. A tecnologia ainda está em fase de testes em todo o mundo e as empresas temem que o acidente possa atrasar os planos para introduzir os carros autônomos no mundo.