Uma mulher identificada como Jordânia Soares, 38 anos, de Guadalupe, no Piauí, atacou o próprio marido, Deusdete Pereira da Silva, 52 anos, com golpes de facão, no momento em que ele estava dormindo por volta das 23h de quarta-feira (14).

Segundo os vizinhos, o casal sempre protagonizava muitas brigas e a mulher sempre demonstrava estar fora de controle. Populares que estavam no local informaram que a mulher cortou a mangueira do botijão de gás e tocou fogo na casa. As chamas se espalharam rapidamente, consumindo toda a casa e atingindo Jordânia, que acabou morrendo carbonizada.

Antes do incêndio, os populares ouviram gritos e ao chegarem no local, perceberam que Deusdete havia sido jogado para fora de casa pela própria mulher totalmente ensanguentado, com cortes profundos por todo o corpo, parte dos dedos de uma mão decepados  e com muita perda de sangue.

Deusdete foi atendido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhado para o Hospital Pedrina Silveira, em estado grave, por conta dos vários golpes sofridos.

Há 19 anos, Jordânia Soares foi presa após jogar e matar seu próprio filho ainda pequeno no lago de Boa Esperança. Após sair da prisão, ela passou por tratamento psiquiátrico, e passou a viver com Deusdete Pereira. A união já durava 03 anos e terminou de forma trágica.

Estavam presentes no local uma guarnição do Polícia Militar e Polícia Civil, dando início às primeiras investigações sobre o caso.