O baterista do RPM, Paulo Antônio Pagni, o P.A., morreu hoje (2), aos 61 anos. A morte foi comunicada pela banda por meio de sua página oficial no Facebook. 

“Infelizmente temos a tristeza de anunciar o falecimento do nosso querido e eterno baterista, Paulo Antônio Figueiredo Pagni, o P.A. Nosso irmão partiu poucos momentos atrás, mas seu legado será eternamente lembrado”. “Pedimos a compreensão de todos nesse momento de dor e boas vibrações para que sua passagem seja em paz e com muita luz”, completou o texto, assinado pelos integrantes Luiz, Nando e Dioy.

Não foi informada a causa da morte do músico, que integra a banda RPM desde 1985.