Morre o bispo emérito Dom Frei Osório Bebber, aos 92 anos, em Caxias do Sul
Foto: Reprodução

Morreu na noite de sexta-feira (13) em Caxias do Sul o bispo emérito Dom Frei Osório Bebber, aos 92 anos. Natural de Flores da Cunha, onde nasceu em 11 de junho de 1929, estava internado no Hospital da Unimed, após complicações no pós-operatório de uma cirurgia cardíaca. Ele tinha 72 anos de vida religiosa.

Dom Osório atuou como Bispo na Diocese de Tubarão entre os anos de 1980 e 1992. Foram anos de grande entusiasmo pastoral. A Diocese de Tubarão manifestou seu pesar pelo falecimento. “A Diocese solidariza-se com a Província Sagrado Coração de Jesus dos Freis Capuchinhos do Rio Grande do Sul, com os familiares e muitos amigos”.

O bispo ingressou no seminário em 1941 e recebeu o hábito capuchinho em 1948, adotando o nome religioso de Frei Osório, que manteve pelo resto da vida. Fez os votos religiosos em 1949 e em 1955 foi ordenado presbítero por Dom Benedito Zorzi, em Flores da Cunha. Pelas mãos de Dom Cármine Rocco, em 1980, recebeu a ordenação episcopal e, em 17 de setembro 1981, assumiu como bispo titular da Diocese de Tubarão.

Quase 11 anos depois, em março de 1992, tomou posse na Prezalia de Coxim, em Mato Grosso do Sul. Em 1999, Dom Osório assumiu a Diocese de Joaçaba, em Santa Catarina. Em abril de 2009, tornou-se bispo emérito desta diocese e retornou à Província Capuchinha, residindo e atuando na Fraternidade de Nossa Senhora de Fátima, em Vacaria.

O corpo de Frei Osório está sendo velado na Igreja Imaculada Conceição, em Caxias do Sul. Às 11h, será transladado para a Igreja Matriz de Flores da Cunha, onde, às 16h, será celebrada uma missa. O sepultamento ocorre em seguida, no cemitério da Comunidade São Paulo, de Flores da Cunha.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul