Uma criança de nove anos morreu afogada em um parque aquático no município de Curitibanos, no Meio-Oeste de Santa Catarina, na tarde deste domingo (23). Os Bombeiros informaram que a vítima já não tinha mais sinais vitais quando a equipe chegou ao local. Equipes da Polícia Militar e do Samu também prestaram apoio na ocorrência.

A criança foi identificada como Estefane Kauane de Abreu. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Lages. A direção do parque não quis comentar sobre o acidente.

De acordo com o coronel César Nunes, comandante da 1ª Região do Corpo de Bombeiros responsável pela vistoria no loca, o parque aquático estava irregular e será interditado. 

“O local não estava em conformidade. O Corpo de Bombeiros fez uma vistoria no dia 17 de dezembro e constatou a irregularidade. Diante disso, foi lavrado um auto com as inconformidades para que eles pudessem corrigir. Depois das correções, eles deveriam ter solicitado uma nova vistoria dos bombeiros que iria até o local para verificar. Era uma lista de cinco ou seis itens para serem corrigidos”, disse ele à Rádio CBN/Diário. 

Nenhum representante do parque aquático foi encontrado para falar sobre o caso.