#Pracegover Foto: na imagem há profissionais da medicina realizando procedimento em uma pessoa que está deitada
#Pracegover Foto: na imagem há profissionais da medicina realizando procedimento em uma pessoa que está deitada

Foi realizada recentemente, em Tubarão, a primeira ablação de lesão hepática por micro-ondas de Santa Catarina. Procedimento desempenhado pelos médicos do Complexo Médico Provida, os cirurgiões oncológicos, Dr. Luiz Henrique Locks e Dr. Cassiano Coral Accordi e pelo radiologista do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) – Rede Santa Catarina, Dr. Cláudio Búrigo de Carvalho.

“É uma técnica que utiliza uma agulha especial de micro-ondas, que destrói a lesão através do calor, com uma margem de segurança dos tecidos. Permite tratar o tumor sem cirurgia, poupando o parênquima hepático saudável dos pacientes. Essa é uma importante alternativa, minimamente invasiva, de tratar grandes lesões e lesões próximas a vasos calibrosos, contribuindo assim, para melhores desfechos oncológicos”, explica Dr. Luiz Henrique.

Conforme o médico, essa técnica oferece muitos benefícios aos pacientes. Auxilia no tempo de reinício do tratamento quimioterápico, na recuperação após o procedimento e diminui a remoção de tecidos hepáticos saudáveis.

“Essa cirurgia da ablação foi realizada no HNSC, em um senhor de 56 anos, que se realizada uma ressecção convencional, ele perderia partes saudáveis do fígado e precisaria de internação em uma UTI para sua recuperação. No entanto, esse senhor, após 24 horas teve alta médica e não apresentou dores”, completa.

A ablação hepática por micro-ondas, uma técnica recente no país, é mais uma alternativa de terapia minimamente invasiva para o tratamento dos pacientes oncológicos.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Provida