Valmor José Dácio, de 65 anos é mais uma vítima da covid-19. Ele e sua esposa Sílvia Silvia Cardoso Dácio, tiveram o diagnóstico positivo em novembro, logo após a internação. Mas o ex-vereador de São Ludgero, tinha pressão alta e, não resistiu.

A esposa divulgou em redes sociais que na madrugada desta segunda-feira (7) ele veio a óbito. Ela conta que Valmor estava hospitalizado desde o dia 27 de outubro, em 5 de novembro foi para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). “Sábado completou um mês de UTI mais os nove dias que ficou no quarto”, lamenta.

Valmor teve enjoo, febre e tontura como os primeiros sintomas e deu início ao tratamento no Hospital Socimed em Tubarão. Apresentou melhoras mas logo apareceram complicações. “Teve que começar a fazer hemodiálise por conta de complicações nos rins. Teve muita febre, muito tremor de frio e começou a falta de ar”, relembra a esposa.

A parti daí foi encaminhado para a UTI e ficou entubado. “Há umas duas semanas o quadro passou a ter só pioras, e nesta madrugada veio a óbito”, emociona-se. Silvia conta que não sabe como contraíram o vírus, já que mantinham cuidados constantes.

Valmor foi por três vezes vereador de São Ludgero e atualmente residiam em Braço do Norte. Para Sílvia, ele sempre foi uma pessoa muito querida e muito amada por todos. Ele deixa três filhos, seis netos e três enteados.

O velório ocorrerá assim que houver liberação do corpo. O limite será para 10 pessoas, por duas horas. A esposa pediu para que não fosse divulgado para evitar aglomeração.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul