O jornalista da TV Globo Gabriel Luiz, de 28 anos, foi esfaqueado na noite desta quinta-feira (28) em Brasília quando voltava para casa depois de ir a um supermercado no Sudoeste, área nobre da capital. O jornalista foi levado ao Hospital de Base, onde passou por cirurgias durante a madrugada. O estado de saúde do repórter é grave, porém, estável, segundo o hospital.

O crime aconteceu por volta das 23h15min. Câmeras de segurança registraram dois homens o seguindo quando ele atravessava um estacionamento. Os criminosos o atacaram na perna esquerda, no abdômen, no tórax e no pescoço. Um dos vídeos mostra o jornalista correndo já sangrando para pedir ajuda.

O corpo de Bombeiros foi acionado às 23h30. Gabriel Luiz estava sentado sob a marquise de um prédio tentando estancar o sangramento das feridas. Ele foi levado consciente ao hospital, apesar da gravidade dos ferimentos. Nesta manhã, o estado de saúde dele ainda era considerado grave.

Às 4h30, os médicos conseguiram conter a hemorragia e sanar as emergências nos órgãos perfurados, entre eles o diafragma e o estômago. O jornalista ainda deve passar por uma operação na mão, antes de seguir para o tratamento intensivo.

Os criminosos não levaram a carteira do repórter, apenas o celular. A faca usada no crime foi recolhida e será periciada. A 3ª Delegacia de Polícia (Cruzeiro) investiga o caso e apura a tentativa de latrocínio. Gabriel Luiz costumava fazer matérias de denúncias.

A Rede Globo publicou uma nota de pesar sobre o episódio. “O IGESDF vem prestando, desde o primeiro instante, assistência e realizando os procedimentos necessários ao quadro”. Pelas redes sociais, multiplicam-se mensagens de apoio ao repórter e desejos de recuperação. Amigos, colegas de profissão e políticos manifestaram solidariedade ao repórter.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Correio do Povo