Amanda Menger
Laguna

A expectativa pela chegada de 2010 não está restrita à festa da virada. É esperada nos primeiros dias do ano uma resposta sobre a licença ambiental para a pavimentação da Interpraias, a SC-100, entre a balsa, em Laguna, e a barra do Camacho, em Jaguaruna, com um ramal para o Farol de Santa Marta. Quarta-feira passada, o presidente do Instituto Chico Mendes (ICMBio), Rômulo Mello, assinou a liberação para que a Fatma conceda a licença ambiental definitiva para a execução da obra.

Com o recesso de fim de ano, o ICMBio enviará à Fatma o documento na próxima semana. Depois de chegar a Florianópolis é que será avaliado pelos técnicos do órgão ambiental e também do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra). “O pessoal do Deinfra precisa saber de fato quais as condicionantes foram flexibilizadas e qual o impacto financeiro disso”, explica o secretário de desenvolvimento regional em Laguna, Mauro Candemil (PMDB). A obra em si está orçada em R$ 18 milhões.

Assim que o Deinfra tiver o relatório de custos, será agendada uma reunião com o governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB). “O governador decidirá se é possível realmente fazer a obra. Acredito que baixando os custos – chegou-se a falar que as condicionantes poderiam ficar em cerca de R$ 1,8 milhão – LHS irá autorizar o lançamento do edital de licitação. Ele sabe que a obra é importante para o turismo e já se comprometeu em tirar isso do papel em outras oportunidades”, avalia Candemil.