Líderes empresariais e gestores públicos discutiram no evento Imbituba do Futuro temas relacionados ao desenvolvimento econômico sustentável da cidade e ainda responderam perguntas do público e imprensa. O evento promovido pela Associação Empresarial de Imbituba – ACIM, realizado na noite de terça-feira (25), no Praia Eventos, reuniu mais de 200 pessoas para acompanhar a discussão sobre como desenvolver a região Sul de Santa Catarina a partir da cidade portuária.

A noite foi prestigiada por representantes do município, região e Estado e inclusive de outros países como Bruxelas, Paraguai e Portugal, além dos setores produtivos. Para o presidente a ACIM, os objetivos foram atingidos. 

“Conseguir reunir tantas pessoas com foco no futuro de Imbituba é uma prova de que precisamos de mais oportunidades como esta, em que podemos trabalhar juntos e discutir problemas e soluções. Afinal não podemos mais deixar empresas irem embora da nossa cidade, precisamos de indústrias que possam contribuir para a geração de emprego e renda, que tenhamos investimentos em tecnologia para mudar a base econômica do município e encontrem um ambiente favorável para sua chegada”, destaca Adilson Silvestre, Presidente da ACIM. 

Participaram da discussão Adilson Silvestre, Presidente da ACIM; Rosenvaldo Júnior, Prefeito de Imbituba; Jonny Zolauf, Presidente da FACISC; Moacir Dagostim, Presidente da ACIC – Criciúma; Edson Martins Antônio, presidente da ACIT – Tubarão; Cláudio Zoch, Procurador do Estado de Santa Catarina; Roberto Luiz Rodrigues, Presidente da Câmara de Vereadores; e Gean Fermino, consultor e representante da UNISUL. 

Também participaram representantes do Porto de Imbituba, Câmara de Dirigentes Lojistas, CDL, Ordem dos Advogados do Brasil subseção Imbituba. 

O evento foi transmitido ao vivo pela internet e está disponível na página do Facebook da ACIM. 

Resultados

Para potencializar as ações de estímulo ao ambiente empreendedor, que iniciaram em dezembro de 2018, a partir de agora Imbituba do Futuro torna-se um programa de fomento a novos negócios. “A ACIM, como entidade representativa empresarial tem a missão de ser um polo articulador de ideias e lideranças. Então iremos elencar os eixos de trabalho para colocar em prática as soluções propostas, afinal tivemos uma discussão técnica de altíssimo nível”.

O presidente da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina – FACISC frisou a importância da cooperação da sociedade, em promover uma integração regional e da necessidade de inovação. “Precisamos de mais indústrias, sim, e elas devem ser estimuladas com incentivos que façam que o complexo econômico do entorno se desenvolva também, o que já acontece em outras cidades. Temos que acreditar que quando os indicadores não estão bons eles podem ser uma motivação para estas ações de mudança”, completa Jonny Zulauf.