Liliane Dias
Braço do Norte

Para garantir que o projeto arquitetônico do novo prédio do Hospital Santa Teresinha (HST) satisfaça as reais necessidades da comunidade e da região, uma reunião foi feita para apresentar a “primeira idéia” quanto à estrutura do novo prédio. A oportunidade também serviu para que pessoas da comunidade pudessem participar da obra com sugestões.

Conforme o projeto arquitetônico, o HST terá o perfil de médio porte e emergência 24 horas, com atendimentos de baixa, média e alta complexidade. Serão 140 leitos distribuídos em sete mil metros quadrados. Deste total, 20 serão destinados à psiquiatria, dez para a UTI adulta e outros dez para a UTI neonatal e pediátrica. O centro cirúrgico contará com seis salas, enquanto o obstétrico terá três e uma sala de reanimação e cuidados neonatal com quatro leitos. Já no centro de recuperação serão dez vagas, além de um centro de materiais e esterilização com autoclaves barreira.

Para o centro clínico é prevista uma área de três mil metros quadrados, onde ficarão distribuídos os serviços médicos afins, centro de diagnóstico por imagem com radiologia, ultrassonografia, desintometria óssea, mamografia, endoscopia, tomografia computadorizada, além de laboratórios de análises clínicas e anatomia patológica.

Também é prevista a construção de um centro clínico para ambulatório, com diversos consultórios e estacionamento. O corpo clínico será composto inicialmente por 16 médicos, além do quadro de funcionários e colaboradores.