Capivari de Baixo

Mexer com a terra para muitos é uma terapia. Algumas pessoas têm um certo dom para esse trabalho. Ontem, aqueles que gostam de plantar e cultivar hortaliças puderam participar da distribuição de mais de dez mil mudas de alimentos orgânicos oferecidos pelo departamento de agricultura de Capivari de Baixo. Mais de 140 pessoas, que residem no município foram no pátio da secretaria de Agricultura para buscar as mudas de hortaliças.

Muitos aproveitaram para levar mudas a vizinhos, amigos ou familiares que não puderam ir ao local. Pelo menos 10 mil mudas de alface crespa e lisa, radiche, couve-flor, brócolis, couve manteiga, repolho e beterraba foram distribuídas. Técnicos da Epagri no município estavam presentes para orientar as pessoas sobre a melhor maneira de fazer o replantio e também para dar outros esclarecimentos sobre hortas e pomares.

O coordenador do departamento de Agricultura Israel Rafael conta que estuda outras formas de estimular a população a cultivar  hortas familiares. A ação busca estimular a adoção de hábitos mais saudáveis no dia a dia da população, substituindo o uso de condimentos e alimentos processados por produtos orgânicos e cada vez mais naturais.

Os profissionais da área da saúde afirmam, que para ter uma vida saudável, uma pessoa precisa de pelo menos de quatro a cinco porções de verduras e legumes por dia. E é fundamental que os pais acostumem os filhos desde pequenos a gostar de alimentos saudáveis e ricos em vitaminas. Estes alimentos trazem inúmeros benefícios, e vão desde uma vida mais saudável, a um corpo mais bonito, pele e cabelos sedosos, mais energia e disposição.

“A cada dia, mais pessoas têm buscado resgatar o cultivo de pequenas hortas. Seja em casa, num apartamento, na escola, na comunidade. Seja num pequeno canteiro, num vasinho, numa lata ou caixa. Seja um coentro, uma salsinha, uma cebolinha, um alecrim. A horta soma ao reconhecimento do valor dos alimentos, do seu cultivo, de seu preparo e de sua partilha à mesa. Dedicar-se ao cultivo de uma semente, uma muda, acompanhando-a crescer, usando-a para temperar um prato que vamos preparar, nos ajuda a resgatar o encanto pelos alimentos e pela comida que cozinhamos e partilhamos dia após dia. Quanto mais atenciosos e dedicados aos alimentos e à comida de verdade, aquela preparada em casa com alimentos de verdade, melhor nos alimentamos”, observou a dona de casa Terezinha da Silva.