Um homem foi preso em flagrante, na manhã desta quarta-feira (3/4), após de ter participado de um triplo homicídio na noite dessa terça (2/4) em uma residência no Setor Paraíso II, em Caldas Novas (GO). Lucas Soares da Costa, de 20 anos, foi detido em uma marcenaria próxima ao local do crime.

Segundo a Polícia Civil de Goiás (PCGO), Francisco Edinaldo Silva Oliveira Filho, 21 anos, morreu no local. As outras vítimas — Douglas Oliveira da Costa, 31, e Marcos Paulo Feitosa, 25 — chegaram a ser socorridas e levadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, mas também não resistiram. Eles foram atingidos por disparos de pistola 9 mm.

No momento do crime, o filho de Douglas, uma criança de apenas 2 anos, estava na residência, mas saiu ileso. O menino ficou sob os cuidados do Conselho Tutelar do município goiano.

Em depoimento aos investigadores, Lucas confessou o crime e garantiu ter agido sozinho. O jovem disse ter sido ameaçado dias antes por Douglas e Francisco, e que Marcos Paulo foi morto como “queima de arquivo”, por estar na casa no momento do ataque.