Capivari de Baixo

A partir da próxima terça-feira, serão trocados em Capivari de Baixo, aproximadamente três mil hidrômetros. Os medidores são certificados pelo Inmetro e registram com mais precisão os menores volumes de água, reduzindo as perdas nas medições. Os trabalhos serão realizados pela Águas de Capivari.

Com o desgaste, o equipamento antigo pode registrar erros ao longo do tempo, o que faz com que a medição não seja a correta. Assim, o volume total usado de água poderia deixar de ser cobrado, o que gera perda para a concessionária responsável pelo tratamento e distribuição de água no município.

Conforme a Concessionária, a ação visa diminuir o desperdício de água tratada e se adequar à Lei que regula o setor, que estabelece o prazo de 6 anos para a validade do equipamento. Não haverá nenhum custo para os consumidores. Os funcionários da empresa estarão identificados para segurança dos munícipes.

Os hidrômetros volumétricos, que o princípio de funcionamento é baseado na medida real de volumes a partir do enchimento e o esvaziamento de forma cíclica de sua câmara. Essa característica torna-o mais sensível às baixas vazões em relação aos hidrômetros anteriormente instalados em Capivari de Baixo, o qual o princípio é o velocímetro, que registra a velocidade com que a água passa. Uma das vantagens do equipamento é que mesmo que esteja desnivelado, ele ainda registra com precisão a medição.

A intenção é trocar gradativamente e sem interrupção para possibilitar com que todos os hidrômetros instalados em imóveis pela cidade nunca ultrapassem os seis anos de vida útil. De acordo com o Inmetro, após os seis anos a mensuração do hidrômetro pode deixar de ser a correta.